Cheetah 3: robô do MIT pode ser usado em Fukushima e quer salvar vidas

Terceira versão do guepardo robótico marca uma mudança na filosofia do grupo de pesquisadores, que quer colocar o equipamento em campo para poupar humanos

Embora brinquemos bastante a respeito de como os robôs podem tomar nossos trabalhos ou criar um futuro à la Skynet, é inegável que esses equipamentos são uma ajuda e tanto para tarefas mais pesadas e perigosas. É exatamente com esse último item em mente que um grupo de pesquisadores do MIT desenvolveu o Cheetah 3. A nova versão do guepardo robótico é ainda mais veloz e inteligente que suas encarnações anteriores e tem uma missão nobre: salvar vidas.

Isso marca uma mudança bem importante no projeto e na própria filosofia das mentes por trás do equipamento, que querem ver o gadget de quatro patas sendo usado em Fukushima no lugar de indivíduos de carne e osso. “Queremos usá-lo em lugares nos quais não queremos recorrer a humanos. Podemos utilizar o robô para monitorar o ambiente e outras situações de emergência”, explica Sang-bae Kim, líder do laboratório de Biomimética do MIT.

Leia mais...






Posts Relacionados
          Envie por E-mail  

0 comentários: