Cultura do assédio: por que mulheres não são bem-vindas no Vale do Silício?

Jornal entrevistou dezenas de profissionais da indústria de tecnologia e mostrou que o setor ainda é machista e usa a desigualdade dos gêneros para criar um ambiente completamente tóxico para elas

Quem acompanha o TecMundo há algum tempo já deve ter percebido o número de matérias que publicamos a respeito do problema do assédio sexual no mercado da tecnologia. Além de, muitas vezes, terem que batalhar mais para entrar e se provar nesse setor, as mulheres acabam se deparando com esse tipo de conduta em empresas de todos os tamanhos, desde startups até gigantes do segmento. Para mostrar a gravidade da situação, o The New York Times fez um artigo bastante extenso sobre as profissionais femininas de tecnologia falando exatamente sobre a cultura do assédio.

Não se trata de reclamações e afirmações sem fundamentos – ou “mimimi”, como insistem em dizer alguns internautas –, mas sim de um padrão que já existe em outro mercado e agora é reproduzido de forma constante nos corredores e salas de reunião do Vale do Silício. Episódios recentes sobre esse tema incluem as acusações que eventualmente levaram à saída de Travis Kalanick do comando da Uber e toda a polêmica em torno de Dave McClure, fundador da 500 Startups com um histórico bastante desagradável de oferecer vantagens profissionais em troca de favores sexuais.

Leia mais...






Posts Relacionados
          Envie por E-mail  

0 comentários: